BEM VINDOS

Muitas vezes não conseguimos compartilhar com as pessoas que nos são caras, todas coisas que vemos,
sentimos ou recebemos.São pedaços de vida e sentimentos recolhidos aqui e ali.
Este Blog não tem outras pretensões, senão partilhar textos, mensagens, músicas e poemas com quem acessá-lo.
São meus, são seus e de todos dispostos a partilhá-los.Sinta-se à vontade se quiser comentar, a casa é sua.
Luz e Paz Profunda! Eliana Maria

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, julho 27, 2009

H1N1 = Não há motivo para tanto alarme

A gripe suína preocupa milhões de brasileiros, mas ela mata muito menos que a gripe comum, e nada indica que o vírus transmissor ficará mais agressivo


É lamentável, obviamente, que a nova gripe tenha feito vítimas fatais, e tomar medidas preventivas contra ela é uma atitude de bom senso, principalmente por parte do poder público. Há evidências, no entanto, de que não é preciso ficar alarmado com a doença, como se ela fosse uma peste da Idade Média. A gripe comum é bem mais letal do que ela. Para se ter uma ideia, no mesmo período de trinta dias, entre junho e julho, em que a gripe suína matou 33 pessoas no país, 4 500 pessoas morreram no ano passado em consequência da gripe sazonal. "A gripe suína tem se mostrado de baixa letalidade", diz o infectologista Mauro Salles, da Fundação Oswaldo Cruz. Como a transmissão do H1N1 é mais fácil do que a do vírus da gripe comum, os especialistas acreditam ser provável que muitas pessoas que ficaram gripadas recentemente tenham contraído a cepa suína sem nem sequer se dar conta da contaminação. Recuperaram-se em casa, como fazem no caso de uma gripe comum. A principal preocupação dos médicos com relação ao H1N1 é que, ao contrário das gripes sazonais, que praticamente só matam idosos, crianças ou pessoas debilitadas por outras enfermidades, a nova gripe é mais letal em jovens e adultos, alguns sem problemas de saúde anteriores.
Leia mais no link da Veja: http://veja.abril.com.br/290709/nao-ha-motivo-tanto-alarme-p-098.shtml

Prevenção ao H1N1

Ao sentir febre acompanhada de tosse ou dor de garganta, dores musculares e dificuldade respiratória, a recomendação do Ministério da Saúde é procurar um médico ou a unidade de saúde mais próxima o quanto antes.
Para prevenir, as dicas são:
- Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável.
- Evitar locais com aglomeração de pessoas.
- Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão.
- Não usar medicamentos sem orientação médica.
- Caso seja possível, evitar viagens ao exterior.

DIFERENÇAS ENTRE GRIPE H1N1 E COMUM


O QUE É IMPORTANTE PARA VOCÊ?

"Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
- Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista.

- Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico.

- Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar..."
Martin Niemöller, 1933


Esse pequeno trecho de Martin Niemöller, nos remete aos dias de hoje, principalmente ao nosso país, onde uma "série séria" de valores parece ter perdido força, intensidade e sentido.
Nossos direitos básicos de cidadãos são massacrados, vilipendiados e feito rascunhos inúteis jogados em valas comuns, assim como os mortos da segunda guerra e anestesiados nem nos escandalizamos mais.

- Milhares de pessoas não tem acesso a Saúde - E daí? - "Eu" tenho (ou a empresa me dá) um plano de Saúde.
- Kilometros e mais Kilometros de estradas estão intransitáveis - E daí? - Eu estou no centro e não preciso delas.
- Milhares de crianças estão sem escola ( ou em semi-escolas ) - E daí? - Meu filho (a) ainda está em um colégio particular.

Preparamos nossos filhos, escolhemos transportes seguros, médicos, escolas, professores, cursos visando o seu futuro. Nossos filhos, nossa maior riqueza, crescem merecendo os maiores cuidados
e melhores caminhos.
E àqueles pequenos soltos pelas ruas da vida, sem pai e mãe? aprendem o que e com quem? Assim como nossos filhos eles também encostam as cabecinhas em algum lugar para dormir, também sentem fome. Fome de comida, estudo, carinho, atenção, fome de vida e cidadania.

Alguns deles recebem o "Bolsa-Família", que não controla se as crianças estão na escola ou na rua.
Para o Governo importa o que esse programa vai render nas urnas, e para isso não é interessante que
sejam esclarecidos e independentes. Não é interessante que os Pais e Filhos saiam desse curral, desgarrem da manada, tenham pensamentos próprios.
E isso me leva a pensar um pouco, daqui alguns anos essa criança sem escola, que vende bala nos sinais,
ou passa os dias perambulando pelas ruas vai tornar-se um adulto (a) como meu filho (a)... será que eles cruzaram em alguma das esquinas da vida? E como estarão os dois? É uma roleta russa não é? Você gosta de arriscar?
É o que estamos fazendo diariamente com nosso futuro e com o futuro do nosso país.
Deixando que mentes despreparadas, mesquinhas e gananciosas se fartem e esbaldem com os recursos gerados, que deveriam ser distribuidos e aplicados para a melhoria de vida de todos.
Afinal não é para isso que você paga impostos? Para ter acesso a Saúde, Educação, Transporte, Cultura, etc?
Hoje você consegue manter essas despesas, ou sua empresa talvez o faça além de pagar impostos exorbitantes que escoam pelos ralos dos três poderes ( desconfio de há um quarto que comanda tudo ), mas e amanhã, e depois e depois?
São questionamentos éticos, morais e financeiros que a todo instante desfilam diante de nós, e fechamos os olhos para não o que não nos incomoda diretamente ...
Assim também pensava Martin ...
E quando baterem à nossa porta? Ainda haverá alguém a quem reclamar?

segunda-feira, julho 20, 2009

ATRAVÉS DOS CAMINHOS

Impossível atravessar a vida sem que um trabalho saia mal feito,
sem que uma amizade cause decepção, sem padecer com alguma doença,
sem que um amor nos abandone, sem que ninguém da família morra,
sem que a gente se engane em um negócio. Esse é o custo de viver.

O importante não é o que acontece, mas, como você reage.
Você cresce... Quando não perde a esperança, nem diminui a vontade,
nem perde a fé. Quando aceita a realidade e tem orgulho de vivê-la.
Quando aceita seu destino, mas tem garra para mudá-lo. Quando aceita o que deixa para trás,
construindo o que tem pela frente e planejando o que está por vir.

Cresce quando supera, se valoriza e sabe dar frutos.
Cresce quando abre caminho, assimila experiências e semeia raízes….
Cresce quando se impõe metas. Sem se importar com comentários, nem julgamentos.
Quando dá exemplos, sem se importar com o desdém.
Quando você cumpre com seu trabalho.


Cresce quando é forte de caráter, sustentado por sua formação,
sensível por temperamento... E humano por nascimento!
Cresce quando enfrenta o inverno mesmo que perca as folhas,
colhe flores mesmo que tenham espinhos e marca o caminho mesmo que se levante o pó.
Cresce quando é capaz de lidar com resíduos de ilusões.
É capaz de perfumar-se com flores... E se elevar por amor!
Conhecendo a si mesmo e dando à vida, mais do que recebe.

(Suzana Carizza )

quinta-feira, julho 02, 2009


"A sabedoria não vem automaticamente com a idade.

Nada vem - exceto rugas.

É verdade, alguns vinhos melhoram com o tempo,

mas apenas se as uvas eram boas em primeiro lugar."

(Abigail Van Buren)

PARA APRENDER, NÃO PRECISA SOFRER


Teu sorriso é suficiente para trazer-te a paz.
O perfume das tuas flores é suficiente para iluminar teus dias.
Teus passos, um de cada vez, são suficientes para encontrares o que procuras.
Teu silêncio e tua amorosidade são suficientes para sentires Deus.
Tens tudo ao teu alcance para cresceres contente e sem dor.
Tudo que aperta, tudo que machuca, tudo que te tira a paz de espírito,
não é digno da tua atenção por tempo demasiado.
Vai com tua simplicidade, com tua alegria, com tua confiança,
e saberás que para aprender, não precisas sofrer...
Basta viver!

(Estação Paz)

quarta-feira, julho 01, 2009

INTERPRETAÇÃO

Todos nós já cometemos uma falha quando queremos ou esperamos que as pessoas interpretem adequadamente um fato -digamos, conforme nossa vontade e desejo- e o resultado é o contrário do que se desejaria:
- Mas como, o fulano não viu que era assim? Tá na cara... Só um cego não vê...E não vê mesmo. Trata-se da capacidade individual de cada ser humano de interpretar o mesmo cenário.
Cada um de nós tem a sua verdade que está vinculada aos valores de vida nos quais se acredita.
Sou produto de um meio; o que o meio acha, e eu gosto, também acho.
O que o meio crê e me é confortável crer, também creio. Não há questionamento.
Portanto, uma das palavras cujo sentido não pode ser generalizado é INTERPRETAÇÃO.
Ou, melhor explicando ainda, o sentido do ato de interpretar: Interprete a ação.

Faz anos, muitos mesmo, uma senhora, dona de um pequeno mercado, possuía muito amendoim e melado em estoque. Queria fazer algo com o excesso destes produtos que tinha.
Vendê-los simplesmente como matéria prima, resultaria em pouco lucro.
Uma promoção para vender mais só alteraria o preço para baixo e diminuiria ainda mais o resultado. Surgiu a idéia de criar um novo produto.
Esquentou o melado, torrou o amendoim, dosou e misturou. Gerou um doce que logo foi apreciado pelas pessoas. O sucesso se repetia a cada receita produzida.
A senhora sempre colocava os doces na sua janela para poderem esfriar mais rapidamente.
Um dia um menino que brincava na rua, sorrateiramente se aproximou da janela, pegou um dos doces expostos e saiu correndo.
Ela viu e gritou:- Pede, moleque!
Sua indignação estava no ato praticado de levar um doce sem pedir.
"Pede moleque, que eu te dou", foi o que ela literalmente quis dizer.

No dia seguinte uma senhora que a tudo havia assistido chegou até ela, no mercado e disse:
A senhora me vende um daqueles "Pés de Moleque"?

Assim é a nossa vida. Uma das senhoras queria ser respeitada e exigia que o "moleque" pedisse um doce, que ela daria pra ele com satisfação. A outra achou que o nome do doce seria este que você conhece até hoje: Pé de Moleque.
Trata-se, portanto, de um grande engano achar que uma regra, uma vez escrita, será interpretada correta e igualmente por quem a conhece.
Cada um vê, assimila e aceita o que está preparado para aceitar.
Não resolve, deste modo, ler livros, conhecer tratados, escritos, se nossa cabeça não está preparada para assimilar o que lemos.
É verdadeiro dizer que não podemos esperar demais das pessoas porque cada um dá o que tem.
Saber interpretar uma ação, antes de ser uma atitude benéfica para o ser humano, é uma inequívoca demonstração de sabedoria.

Saul Brandalise Jr.
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=08834

RESPOSTA CASSETA & PLANETA

Nota de esclarecimento do Casseta & Planeta aos Deputados..
Vejam a noticia...
depois leiam a resposta do pessoal do Casseta e Planeta aos Deputados...
A Nota de Esclarecimento realmente é digna dos Cassetas.

O Globo (Brasília):
Câmara se queixa do 'Casseta & Planeta'

Pressionada por deputados, a Procuradoria da Câmara vai reclamar junto à
Rede Globo pelas alusões feitas no programa 'Casseta & Planeta' exibido
terça-feira passada.
Os parlamentares reclamaram especialmente do quadro em que foram chamados de
' deputados de programa '. Nele, uma prostituta fica indignada quando lhe
perguntam se ela é deputada? O quadro em que são vacinados contra a ' febre
afurtosa' também provocou constrangimento.
Um grupo de deputados esteve na Procuradoria da Câmara para assistir à fita
do programa. Segundo o procurador Ricardo Izar (PMDB-SP), duas parlamentares
choraram-coitadinhas. Izar se encontrará segunda-feira com representantes da
emissora, para tentar um acordo, antes de recorrer à Justiça.
O presidente da Câmara também se disse indignado: - O programa passou dos
limites. Eles têm talento suficiente para fazer graça sem desqualificar a
instituição (que instituição???), que garante a liberdade para que façam
graça.
O diretor da Central Globo de Comunicação, Luís Erlanger, disse que a rede
só se pronuncia sobre ações judiciais, depois de serem efetivadas.
Os humoristas do Casseta & Planeta não quiseram falar sobre o assunto,
dizendo não querer 'dar importância à concorrência'.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

'Foi com surpresa que nós, integrantes do Grupo CASSETA & PLANETA, tomamos
conhecimento, através da imprensa, da intenção do presidente da Câmara dos
Deputados de nos processar por causa de uma piada veiculada em nosso
programa de televisão. Em vista disso, gostaríamos de esclarecer alguns
pontos:

1.. Em nenhum momento tivemos a intenção de ofender as prostitutas . O
objetivo da piada era somente de comparar duas categorias profissionais que
aceitam dinheiro para mudar de posição.
2.. Não vemos nenhum problema em ceder um espaço para o direito de Resposta
dos deputados. Pelo contrário, consideramos o quadro muito adequado e
condizente com a linha do programa.
3.. Caso se decidam pelo direito de resposta, informamos que nossas
gravações ocorrem às segundas-feiras, o que obrigará os deputados a '
interromper seu descanso .'

Equipe do Casseta & Planeta


http://www.semrodeios.com.br/pacote/ler/Resposta-Casseta-Planeta

Serra cria corregedoria anticorrupção

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), instalou uma corregedoria com poderes extraordinários para rastrear e combater desvios, corrupção, improbidade e enriquecimento na administração pública. Vinculada à estrutura da Casa Civil, a Corregedoria Geral da Administração recebeu mais atribuições, competências e alargou suas áreas de atuação. A corregedoria pode inspecionar as contas de “qualquer pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou administre dinheiro, bens e valores públicos”.

----

Seria ótimo se o (des) Governo Federal também tomasse atitudes como essa!